Etikedo: Idioma

Google traduz esperanto

Dentre as 6 mil línguas existentes no mundo, o esperanto faz parte de um seleto grupo que conta com tradução automática do Google, possibilitando traduções entre o esperanto e 63 outras línguas.

Google Tradukilo
Google Tradukilo

Segundo o blog oficial do Google Translate , os programadores ficaram surpresos com a característica única do esperanto, onde cada palavra tem apenas um significado, e por isso foi possível funcionar o tradutor em esperanto com um glossário 100 vezes menor do que o necessário para alemão ou espanhol. Aliás os tradutores automáticos seriam muito mais precisos se usassem o esperanto, ao invés do inglês, como língua base.
Vejam na tabela abaixo a dificuldade para se traduzir a palavra “mean”.

Para saber mais sobre o assunto, leiam o estudo Acessibilidade em Interfaces Computacionais da Web: Aspectos Lingüísticos de Ismael Mattos Andrade Ávila

El la paĝaro:
http://www.esperanto.com.br/2012/02/26/google-traduz-esperanto/

Diraĵo de Affonso Romano

‎”Falar uma língua estrangeira é romper uma fronteira. Falar muitas é romper várias. Falar o Esperanto é querer romper todas de uma vez”. (Affonso Romano de Sant’Anna)

“Paroli fremdam lingvon estas rompi landlimon. Paroli multajn estas rompi plurajn. Paroli Esperanton estas voli rompi samtempe ĉiujn”. (Affonso Romano de Sant’Anna)

“To speak a foreign language is to break a boundary. To speak many languages is to break several. But to speak Esperanto is to want to break all at once”. (Affonso Romano de Sant’Anna)

‎”Hablar una lengua extranjera es romper una frontera. Hablar muchas es romper varias. Hablar Esperanto es querer romperlas todas al mismo tiempo.” (Affonso Romano de Sant’Anna)

Fanzeranto 5ª Edição – Fanzeranto 5-a Eldono

SPECIALA NUMERO – NÚMERO ESPECIAL
Iveta Bartošova
mez-eŭropa pop-kantistino, prezentata al la mondo
Cantora pop da Europa Central, apresentada ao mundo

http://fanzeranto.files.wordpress.com/2011/10/fanzeranto_5.pdf
Versão de Leitura – Legebla Versio

http://fanzeranto.files.wordpress.com/2011/10/numero_5_presebla.pdf
Versão para Impressão – Presebla Versio

Lembrete para os amantes de fotografia e vídeos – Memorigo al filmoŝatantoj kaj fotamantoj

Artigo do site da EASP

ESCRITO POR REDAKTANTO | 09 JUNHO 2011

filmkonkurso

 

 

 

 

 

 

 

Os organizadores do Festival de Cinema Esperantista divulgaram que o prazo para participar do Concurso de Curtissímas em Esperanto se estenderá até o dia 20 de junho de 2011.

Esta será a primeira mostra de vídeos em esperanto com o objetivo de promover e incentivar a    produção e divulgação de filmes no meio esperantista. O responsável por mais esta iniciativa é o criador do  projeto Verda Filmejo, Aleksander Osincev.

Mais de 200 vídeos já foram registrados no concurso. Todos os trabalhos concorrem a um dos cinco  mp3 iPod Touch 4, nas categorias:

  • Melhor vídeo de 5 segundos
  • Melhor vídeo de 15 segundos
  • Melhor vídeo de 30 segundos
  • Curtíssima mais engraçado
  • Seleção do público

E ainda há espaço para sua criatividade e talento!

Muito conhecida dos brasileiros é a frase preferida do saudoso diretor de filmes Glaube Rocha: uma ideia na cabeça e uma câmara na mão. Pronto, nada mais é necessário para criar um vídeo apresentável! Pegue uma filmadora, transforme suas ideias em imagens e envie o resultado para kinofestivalo.org!

Leia antes o regulamento e depois preencha o formulário de inscrição.

O júri do Concurso se compõe de cinco esperantistas de diversos países. A Cerimônia de Premiação acontecerá no dia 12 de julho de 2011, dentro da programação da Solenidade de Encerramento do Primeiro Festival de Cinema Esperantista, que ocorrerá durante o 8º Congresso Pan-americano de Esperanto (TAKE).

Sua contribuição de vídeo é muito importante, entre outros, para progredi a arte cinematográfica esperantista. Então, mãos à filmagem!

Se lhe faltar inspiração para filmar, não tem problema. Pegue sua máquina fotográfica e participe da exposição de fotos “O é que liberdade?”, organizada também pela equipe do Festival de Cinema Esperantista. Mais informações pelo e-mail: kinofestivalo[arroba]gmail.com.

Saiba mais sobre o Festival, em português.

Assista ao vídeo de divulgação.

___________________________________________________

La organizantoj de la Esperanta Kinfestivalo anoncis ke la limdato por la video-konkurso plilongiĝos ĝis la 20 de junio 2011.

Tio estas la unua kultura aranĝo estiganta spacon kaj stimulon por produktado kaj diskonigo de filmoj en la esperantista medio. La respondeculo pri tiu plia iniciato estas la kreinto de la projektoVerda Filmejo, Aleksander Osincev.

Pli ol 200 filmetoj jam estis registritaj en la konkurso. Ĉiuj kunkuras por gajni unu el la kvin iPod-premioj, en la kategorioj:

  • Plej bona 5-sekunda video
  • Plej bona 15-sekunda video
  • Plej bona 30-sekunda video
  • Plej humura mallongega video
  • Premio aljuĝita de la publiko

kaj ankoraŭ estas spaco por via kreemo kaj talento!

Tre konata de enlandanoj estas la preferata diro de la karmemora brazila filmdirektisto Glaube Rocha: unu ideo en la kapo kaj unu kamerao en la mano. Jen, nenio plia estas bezonata por krei spektindan videon! Prenu do vian filmilon, bildigu viajn ideojn kaj sendu la rezulton alkinofestivalo.org!

Antaŭe bonvolu legi la regularon kaj poste plenigu la aliĝilon.

La ĵurio de la filmkonkurso konsistas el kvin diverslandaj esperantistoj. La Premia Ceremonio okazos la 12an de julio 2011 kadre de la Solena Fermo de la unua esperanta Kinfestivalo, kiu disvolviĝos dum la 8a Tut-Amerika Kongreso de Esperanto (TAKE).

Via filmokontribuo estas tre grava por interalie evoluigi la esperantan kinarton. Do, ek al filmado!

Se mankas inspiro al vi por filmado, tio ne gravas. Prenu vian fotilon kaj partoprenu en la nekonkursa fotekspozicio “Kio estas Libero?”, organizata ankaŭ de la teamo de Kinfestivalo. Pliajn informojn per la retpoŝto <kinofestivalo[heliko]gmail.com>.

Spektu reklameton pri la konkurso.

Leia este artigo em português.

http://www.easp.org.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=208:para-fas-de-videos-e-amantes-de-fotografia&catid=49:acontece-em-sao-paulo&Itemid=166

1ª Confraternização Esperantista de Minas Gerais – 1-a Esperanta Kunfratiĝo de Minas-Ĝerajso

Aconteceu nos dias 13,14 e 15 de novembro no sítio Pomaredo na cidade de Formiga a primeira Confraternização Esperantista de Minas Gerais.
Brincadeiras, festas, piscina, passeios e longos bate papos aconteceram nesse aconchegante sítio, 46 pessoas participaram do evento sendo 1 de Lavras, 2 de Belo Horizonte, 3 de Pouso Alegre, 20 de Formiga e 20 de Divinópolis.
Esse encontro teve um carater experimental, sua meta é de alcançar a juventude e criar encontros como o NOVA (Novajara Aranĝo – Brasil) e os acampamentos esperantistas que acontecem todos os anos na Europa.
Muitas idéias foram discutidas durante esse evento uma delas foi a possibilidade do mesmo ser anual.
No último dia do encontro fizemos um passeio a cidade de Pains, onde conhecemos duas cavernas e em seguida visitamos o MAC – Museu Arqueológico do Carste do Alto São Francisco.
O encontro foi encerrado com uma deliciosa feijoada. Fica aqui o nosso agradecimento aos organizadores da CEMG, a Associação Esperantista de Formiga, Espeleogrupo Pains, ao Célinho e Edvaldo que acompanharam o pessoal no passeio pelas cavernas e principalmente a Associação Esperantista de Divinópolis.

——————————————————————–

Okazis je 13-a, 14-a kaj 15-a de Novembro en la bieneto “Pomaredo” en Formiga – MG – Brazilo la unua Esperanta Kunfratiĝo de Minas-Ĝerajso.
Ludadoj, festoj, naĝejo, promenadoj kaj longaj babiladoj okazis en ĉi tiu konforta bieneto, 46 homoj ĉeestis en la evento, 1 el Lavras, 2 el Belo Horizonte, 3 el Pouso Alegre, 20 el Formiga e 20 el Divinópolis.
Ĉi tiu renkontiĝo estis eksperimenta, ĝi celigas aniĝi junuloj kaj krei renkontiĝo ŝablone NOVA – Novajara Aranĝo kaj la esperantaj tendaroj kiel okazas ĉijare en Eŭropo.
Diversajn ideojn estis diskutitaj dum la renkontiĝo unu inter ili estis la ebleco de ĉi tiu renkontiĝo okazu ĉijare.
Je la lasta tago oni promenis al la urbo Pains, tie oni konis du kavernoj kaj ankaŭ la muzeo MAC – Arkeologia Muzeo de la Karsto de la “Alto São Francisco”.
La renkontiĝo estis finita poste la tagmangxo, la cxefa manĝaĵo estis tre bongusta fazeolaĵo.
Ni dankas la organizanto de EKMG, al Formiga Esperanta Asocio, al Espeleo Grupo Pains al Célinho kaj Edvaldo kiuj akompanis la grupon dum la promenado en la kavernoj kaj ĉefe al Divinopolis Esperanta Asocio.

Promenado en kaverno de Pains - Passeio em uma caverna en Pains
Museu Arqueológico do Carste do Alto São Francisco - Arkeologia Muzeo de la Karsto de la “Alto São Francisco”
Vizito al MAK - Vizita ao MAC

Fanzeranto la tria numero – Fanzeranto o terceiro número

Saluton karaj!
Olá prezados!

Jen alia numero de Fanzeranto, la teamo de la jxurnaleto esperas ke gxi placxu vin.

Eis outro número do Fanzeranto, o time do fanzine espera que o mesmo vos agrade.

Fanzeranto 03
Fanzeranto 03

Legebla versio
Versão de leitura

Fanzeranto_03_2

Versão para impressão
Presebla versio

NUMERO_3_2_presado

O Esperanto deu certo, sim – Esperanto estis sukcesa, jes

Em reportagem recém veiculada pela TV Globo o reporter disse que a língua internacional Esperanto não deu certo. Não? Será que o reporter está mesmo atualizado com esse tema ? Em todo o Brasil e todos os anos ocorrem seminários e congressos estaduais e nacional de Esperanto; a comunidade eclesiástica desenvolve atividades divulgadoras da língua periodicamente. Todos os anos, em praticamente dodos os países do mundo, há seminários, encontros, cursos e congressos nacionais exaltando as vantagens políticas e sociais e até econômicas do Esperanto. Anualmente, impreterivelmente, ocorre o Congresso Internacional de Esperanto, alternando-se os países sediadores. Existem milhares de obras traduzidas e originalmente escritas em Esperanto. Existem centenas de livros didáticos e muitos dicionários da língua. E o reporter vem dizer para todo o país, que o Esperanto não deu certo?
Senhor reporter, o Esperanto não é ainda a língua mais falada do mundo por causa da maciça divulgação das línguas nacionais dos países ricos, que as impõem ao resto do mundo por força do poderio econômico. Fossem os esperantistas abastados, com disposição para investir em propaganda, provando ao mundo que é infinitamente mais barato e mais prático aprender e falar Esperanto do que o inglês, francês, japonês, mandarin etc., o quadro seria bem diferente. Ainda assim, milhares de pessoas no mundo todo, de crianças a idosos, estudam e praticam Esperanto. Possivelmente o senhor fala inglês. Fala mesmo? E capaz de falar de igual para igual com alguém que nasceu e cresceu sob o jugo da língua inglesa, conhecendo por prática e erudição todas as nuances da língua? aposto que não. E o senhor nem calcula a soma que gastou para aprender um pouco o inglês. Se todos falassem sua língua pátria, que é a sua bandeira, e mais – apenas – Esperanto como língua auxiliar, e o mundo todo adotasse esta iniciativa, não haveria discordâncias linguísticas nem necessidade de dispender tanto dinheiro no emprego de tradutores. Atualmente, numa roda de cinco pessoas, todas de países de línguas diferentes, quantos intérpretes seriam necessários? Compare isso com o caso de entre 100 (cem) pessoas de países diferentes, cada uma falando sua língua nacional e também uma língua auxiliar, será que ainda haveria desencontros interpretativos?
Pense um pouco mais, senhor reporter, e responda à pergunta oriunda da sua afirmação: O Esperanto não deu certo?

Em Esperanto: Pripensu iomete plu, sinjoro reportero, kaj respondu la demandon devenintan de via acerto: Ĉu Esperanto ne funkciis?

Arnaldo Ribeiro da Silva
Duque de Caxias – RJ

Esperantista brasileiro