2ª Jornada Internacional – 2-a Internacia Prelegtago

A Segunda Jornada Internacional língua, sujeito, política e sociedade foi mais um evento de sucesso da Universidade do Vale do Sapucaí (UNIVÁS).
O evento teve a promoção Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem/Univás – Coordenadora: Profa. Dra. Eni de Lourdes Puccinelli Orlandi. Núcleo de Pesquisas em Linguagem – Nupel – Coordenadora: Profa. Dra. Ana Cláudia Fernandes Ferreira o evento também contou com o apoio da FUVS e da FAPEMIG e teve a realização do Programa de Pós –Graduação Strictu Sensu em Ciências da Linguagem, Mestrado em Ciências da Linguagem – Linguagem e Sociedade, Félix Carlos Ocáriz Bazzano (Reitor), Daniela Francescato Veiga (Pró Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa, Maria Eunice de Godóy Machado Teixeira (Coordenadora de Pós-Graduação Strictu Sensu), Eni de Lourdes Puccinelli Orlandi (Coordenadora do Mestrado em Ciências da Linguagem) e Ana Cláudia Fernandes Ferreira (Coordenadora do Núcleo de Pesquisas em Linguagem – NUPEL).

Prof. Patrick Sériot
Prof. Patrick Sériot

A jornada teve início as 9:00 hs. com a abertura e a apresentação dos palestrantes o Prof. Patrick Seriot (Professor Titular da cadeira de linguística eslava do Setor de línguas e civilizações eslavas e Diretor do Centro de Pesquisas em História e Epistemologia Comparada da Língua da Europa Central e Oriental – CRECLECO, na Universidade de Lausanne, Suíça.) e da Profa. Ekaterina Velmezova (Mestre de ensino e de pesquisa do Setor de línguas e civilizações eslavas e membro do Centro de Pesquisas em História e Epistemologia Comparada da Língua da Europa Central e Oriental – CRECLECO, na Universidade de Lausanne, Suíça.).
As 10:00 teve início a conferência Língua E Nação: O implícito e o não-dito, uma palestra muito esclarecedora e interessante, foram apresentados os aspectos jacobinista e romântico com suas diferenças no que tange a nação, a língua e o estado, na sequência o prof. Patrick deu a palavras aos participantes e muitos engrandeceram ainda mais a palestra do mesmo.
No intervalo do almoço alguns participantes da Associação Zamenhof interpelaram o Prof.. Patrick lhe perguntando se o mesmo falava esperanto, o mesmo disse “- Mi parolas Esperanto”, mas ainda preciso melhorar um pouco, o professor se mostrou simpático a ideia do esperanto como idioma ponte para comunicação entre pessoas de idiomas diferentes e que linguisticamente o esperanto é muito interessante e prático (palavras do próprio professor Sériot).

Profa. Ekaterina Velmezova
Profa. Ekaterina Velmezova

Na volta do intervalo ás 14:30 a Profa. Ekaterina Velmezova apresentou a conferência O discurso sobre a língua na urss dos anos 1920-1930: em busca de uma “ciência integral”, o ponto-chave da conferência foi o esperantista e linguísta russo Nicolaj Marr (http://eo.wikipedia.org/wiki/Nikolaj_Jakovlevi%C4%89_Marr) e suas teorias, falou também da crise entre Stalin e Marr e falou sobre o esperanto na Rússia entre as décadas de 1920 e 1930; na sequência as professoras Eni de Lourdes Puccinelli Orlandi e Ana Cláudia Fernades Ferreira enriqueceram o debate e nos elucidando e apresentando seus pontos de vista.
Às 17:30 tivemos um momento de confraternização com uma bela e saborosa mesa de salgadinhos e refrigerantes, em seguida às 18:00 tivemos a exposição e lançamento do livro Discurso, Espaço, Memória: Caminhos da identidade no sul de Minas da Profa. Eni de Lourdes Puccinelli Orlandi, fechando com chaves de ouro esse maravilhoso evento.
A Associação Zamenhof agradece a todos aqueles que tornaram possível esse evento de alta qualidade.

Advertisements

Respondi

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Ŝanĝi )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Ŝanĝi )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Ŝanĝi )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Ŝanĝi )

Connecting to %s