Monato: Februaro 2011

En la lasta sabato – No último sábado

A Associação Zamenhof deu boas vindas a seus novos alunos do curso básico de esperanto que começou sábado dia 12 de fevereiro.
A aula inaugural teve início as 15:00 hs. e se findou as 16:00 hs. com um breve explicação do instrutor Fábio Silva sobre o que é esperanto e para que serve.

Asocio Zamenhof bonvenigis siajn novajn gelernantojn de la baza kurso de Esperanto kiu komencis je la lasta sabato 12-a de Februaro.
La komenca leciono komenciĝis je la 3-a poste tagmeze kaj finiĝis je la kvara poste tagmeze, la instruanto Fábio Silva prelegetis pri kio estas Esperanto kaj pri ĝia utileco.

Denove pri Alfenas – Novamente sobre Alfenas

A Associação Esperantista de Alfenas, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Alfenas, mantem turmas regulares do curso de Esperanto. As aulas acontecem no auditório das Secretaria – Avenida Lincoln Westin da Silveira, 2131 – local em que também podem ser feitas as inscrições. O curso é gratuito, cabendo ao estudante apenas o custeio de uma apostila que contém a gramática do Esperanto. O professor Arnaldo Simões, idealizador do curso (ao lado), também preside a Associação Esperantista de Alfenas. O Esperanto é a língua da fraternidade, pois une os povos do mundo todo e está entre os 120 idiomas mais falados do mundo. Criada pelo oftalmologista polonês Lázaro Luís Zamenhof (1859 – 1917), em 1887 tem apenas 16 normas gramaticais e tem a maioria dos radicais de origem latina. Seu alfabeto consta de 28 letras. A língua é exclusivamente fonética. cada letra tem apenas um som, e cada um representa apenas uma letra, o que torna o seu aprendizado mais fácil e acessível. Os falantes da língua tem livros, revistas, emissora de TV, letras de músicas, negócios e encontros de intercâmbio em Esperanto. O idioma garantem seus estudiosos, contempla todas as áreas do conhecimento humano sendo que, diferentemente do Inglês, o Esperanto pode ser dominado em poucas semanas. Inscreva-se ainda hoje: Enderêço: Av. Lincoln Westin da Silveira, 2131 – Estação – Centro – Minas Gerais – MG – 37130-000.

http://educacaoecultura.alfenas.mg.gov.br/index.php/esperanto

RADE – Rotary & Esperanto

Escrito por Redakcio
(http://esperanto.org.br/p/)

Leandro Freitas, jovem esperantista e rotaractiano de São José do Rio Preto, SP, conjuntamente com o casal Grattapaglia de Alto Paraíso, GO, administradores de Bona Espero, promovem a grande união Rotary e o Esperanto e dão força ao movimento RADE (Rotaria Amikaro de Esperanto). A partir do dia 1º de fevereiro, o RADE vai lançar uma nova página na internet dedicada à informação do público em geral sobre essa atividade, bem como, unir os rotarianos e rotaractianos, esperantistas e interessados nesse movimento. Eis a mensagem que foi nos enviada pelo Leandro para divulgação.

O lançamento oficial da nova página dos rotarianos esperantistas aconteceu no dia 1º de fevereiro:

http://www.radesperanto.org
O Grupo de Companheirismo RADE (Rotaria Amikaro de Esperanto) é formado por rotarianos que apoiam e usam a Língua Internacional Esperanto para realizar os ideais do Rotary: a compreensão mútua, a amizade e a paz entre as nações, facilitar os contatos pessoais entre rotarianos de línguas diferentes e colaborar nos serviços internacionais do R.I.

Fevereiro é o mês em Rotary dedicado à Compreensão Mundial. Por esse motivo, elegeu-se este mês para o lançamento das mais novas e importantes informações sobre a comunicação internacional no Rotary, a respeito de sua solução por meio do esperanto.

A página é resultado da colaboração entre rotarianos, rotaractianos e apoiadores de ambos os ideais de diferentes países, que usam, graças à internete, o esperanto como língua-ponte para a tradução das informações em várias línguas nacionais. Existe a intenção de aumentar o número de línguas da página.

Nós esperamos que esta página seja útil para a análise dos problemas linguísticos que o Rotary enfrenta, e que neste espaço os falantes de esperanto possam receber informações sobre o Rotary International, e, principalmente, que os rotarianos possam receber informações sobre a língua internacional esperanto e as ações sobre o tema dentro do mundo rotário.

Equipe do RADE

2ª Jornada Internacional – 2-a Internacia Prelegtago

A Segunda Jornada Internacional língua, sujeito, política e sociedade foi mais um evento de sucesso da Universidade do Vale do Sapucaí (UNIVÁS).
O evento teve a promoção Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem/Univás – Coordenadora: Profa. Dra. Eni de Lourdes Puccinelli Orlandi. Núcleo de Pesquisas em Linguagem – Nupel – Coordenadora: Profa. Dra. Ana Cláudia Fernandes Ferreira o evento também contou com o apoio da FUVS e da FAPEMIG e teve a realização do Programa de Pós –Graduação Strictu Sensu em Ciências da Linguagem, Mestrado em Ciências da Linguagem – Linguagem e Sociedade, Félix Carlos Ocáriz Bazzano (Reitor), Daniela Francescato Veiga (Pró Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa, Maria Eunice de Godóy Machado Teixeira (Coordenadora de Pós-Graduação Strictu Sensu), Eni de Lourdes Puccinelli Orlandi (Coordenadora do Mestrado em Ciências da Linguagem) e Ana Cláudia Fernandes Ferreira (Coordenadora do Núcleo de Pesquisas em Linguagem – NUPEL).

Prof. Patrick Sériot
Prof. Patrick Sériot

A jornada teve início as 9:00 hs. com a abertura e a apresentação dos palestrantes o Prof. Patrick Seriot (Professor Titular da cadeira de linguística eslava do Setor de línguas e civilizações eslavas e Diretor do Centro de Pesquisas em História e Epistemologia Comparada da Língua da Europa Central e Oriental – CRECLECO, na Universidade de Lausanne, Suíça.) e da Profa. Ekaterina Velmezova (Mestre de ensino e de pesquisa do Setor de línguas e civilizações eslavas e membro do Centro de Pesquisas em História e Epistemologia Comparada da Língua da Europa Central e Oriental – CRECLECO, na Universidade de Lausanne, Suíça.).
As 10:00 teve início a conferência Língua E Nação: O implícito e o não-dito, uma palestra muito esclarecedora e interessante, foram apresentados os aspectos jacobinista e romântico com suas diferenças no que tange a nação, a língua e o estado, na sequência o prof. Patrick deu a palavras aos participantes e muitos engrandeceram ainda mais a palestra do mesmo.
No intervalo do almoço alguns participantes da Associação Zamenhof interpelaram o Prof.. Patrick lhe perguntando se o mesmo falava esperanto, o mesmo disse “- Mi parolas Esperanto”, mas ainda preciso melhorar um pouco, o professor se mostrou simpático a ideia do esperanto como idioma ponte para comunicação entre pessoas de idiomas diferentes e que linguisticamente o esperanto é muito interessante e prático (palavras do próprio professor Sériot).

Profa. Ekaterina Velmezova
Profa. Ekaterina Velmezova

Na volta do intervalo ás 14:30 a Profa. Ekaterina Velmezova apresentou a conferência O discurso sobre a língua na urss dos anos 1920-1930: em busca de uma “ciência integral”, o ponto-chave da conferência foi o esperantista e linguísta russo Nicolaj Marr (http://eo.wikipedia.org/wiki/Nikolaj_Jakovlevi%C4%89_Marr) e suas teorias, falou também da crise entre Stalin e Marr e falou sobre o esperanto na Rússia entre as décadas de 1920 e 1930; na sequência as professoras Eni de Lourdes Puccinelli Orlandi e Ana Cláudia Fernades Ferreira enriqueceram o debate e nos elucidando e apresentando seus pontos de vista.
Às 17:30 tivemos um momento de confraternização com uma bela e saborosa mesa de salgadinhos e refrigerantes, em seguida às 18:00 tivemos a exposição e lançamento do livro Discurso, Espaço, Memória: Caminhos da identidade no sul de Minas da Profa. Eni de Lourdes Puccinelli Orlandi, fechando com chaves de ouro esse maravilhoso evento.
A Associação Zamenhof agradece a todos aqueles que tornaram possível esse evento de alta qualidade.